nov
20
2012

Eu sou amigo da Onça

Esse post é especial, pois foi pensado numa mesa de boteco pelo meu amigo mais querido Luis Gustavo Del Pino, ou simplesmente Gu (para os íntimos).

Deliciem-se com esse texto divertido e cheio de sabor!

…………………………

Dia desses, aproveitando um final de semana em São Paulo, resolvemos fazer um tour gastronômico por alguns restaurantes da Capital.

Dos locais que fui, o que mais me marcou foi meu almoço de sábado no Bar da Dona Onça (www.bardadonaonca.com.br), um restaurante de comida caseira, mas repaginada por uma das melhores chefs de cozinha de São Paulo, a Janaina Rueda. Um ambiente transado onde você encontra desde engravatados até os descolados da cidade.  O preço não é dos mais baratos, mas pelo atendimento, pela comida e pelas bebidinhas…vale cada centavo.

No restaurante tem rabada, arroz com galinha, ovo frito e até P.F. (prato feito), além de vários outros pratos elaborados e entradas deliciosas que combinam perfeitamente com uma boa cachacinha ou uma boa caipirinha, como a panelinha de frutos do mar ao perfume de curry e o filé à minalesa em tiras (perfeito para se iniciar os trabalhos). Lá você encontra uma carta de vinhos de primeira e umas caipiras que são de outro mundo (experimente a caipiroska onça pintada – tangerina com maracujá, a de siriguela, a de jabuticaba, a de limão com gengibre e melado… aliás, experimente todas… kkk)

A primeira vez que fui lá me perguntei: “Por que um restaurante que serve rabada, tem um sommelier?”. Pois acreditem, rabada, galinhada e ovo frito também combinam com vinho e é uma combinação maravilhosa. Descobri isso com meu amigo, o gerente e sommelier da casa Will Ferreira que, como ninguém, sabe combinar os nossos pratos caipiras com vinhos de primeira grandeza, além de ser uma figura divertidíssima e super simpático.

Como nesse dia resolvi passar a tarde no Dona Onça comecei cedo os trabalhos e entre uma caipira e outra…conversa vai, conversa vem, caipira vai caipira vem, lembrança de amigos queridos que poderiam estar comigo ali… saí do restaurante às sete da tarde conversando com todos, inclusive com a Dona Onça…kkkk

Nesse dia me tornei um verdadeiro amigo da Onça.

Se quiser conhecer o Bar da Dona Onça, ele fica na Avenida Ipiranga, 200 – Edifício Copan. Funciona para almoços e jantares de segunda a segunda a partir das 12h.”

……………………

Não sei você, mas eu fiquei louca pra ir a esse bar… já está na minha agenda! E se você também tem alguma dica de um bom boteco, barzinho ou restaurante em São Paulo, deixe seu comentário!

Posts Relacionados

Sobre o autor: Débora Bordin

Tenho mais (bem mais) de 30, sou jornalista (diplomada), radialista, blogueira, especialista em comunicação empresarial e de turismo sustentável, sagitariana, corintiana, matucha-pantaneira-carioca e turista. Apesar de tudo isso, uma boa moça.

2 Comentários+ Comentar

  • aiii que delicia !!!

    já tinha ouvido falar do lugar,mas nunca tive muita vontade de ir…acho que essa semana vou dar uma passadinha lá, amei !!!

    bjoss

    LuRussa
    http://www.lurussa.com

    • Vai sim, Lu!
      Depois conta pra gente como foi.
      Quando eu for a São Paulo, esse bar já está na minha agenda, rsrs.
      Bjos

Leave a comment to LuRussa