nov
25
2013

Trilha no Morro da Urca

1239370_10151811854308426_285643851_n

Assim como eu, aposto que você acha lindo o Pão de Açúcar e sempre que pode tira foto no espelho pra postar no facebook? Aí, não contente, você fica naquela fila quilométrica do bondinho disputando espaço com os turistas de toda parte do mundo para registrar as belezas da natureza lá de cima, não é? Já fiz isso também.

1185634_10151811856263426_1777705233_n

Mas, já pensou em subir a pé? Fazendo a Trilha do Morro da Urca, com direito a mirantes que você não teria a oportunidade de ver se estivesse no bondinho? Pois isso é possível, meus caros. É só dar um chega pra lá na preguiça, colocar um par de tênis e a mochilinha com água nas costas e ir com fé.

1186774_10151811862118426_30521523_n

Ok, você não é do Rio e não sabe como fazer pra chegar na trilha. Vou explicar. Vá até a Praia Vermelha e lá no canto esquerdo tem a entrada com uma placa grandona. Antes de continuar, pare e tire uma foto na placa que indica a Pista Cláudio Coutinho. É bacana registrar a aventura antes de ficar todo suado.

1176184_10151811862303426_1770498293_n

Seguindo em frente, vai ter uma pista linda e suave (sopé do Morro da Urca), com micos e lagartos passeando pra lá e pra cá quase pedindo para serem fotografados e também o mar… ah, o mar! Mas não se iluda, não é essa “passarela”. Mais ou menos no meio do caminho tem uma placa indicativa à esquerda onde você vai logo ver raízes de árvores e pessoas subindo nelas. É lá! Ok, também não precisa se assustar, pois ela é considerada fácil e não requer muito preparo físico.

1173839_10151811861518426_885954624_n

Sugiro chegar cedo (tipo 7 ou 8 horas da manhã), senão você vai disputar as raízes para subir a trilha com pessoas eufóricas que gritam por qualquer motivo. Eu, particularmente, gosto de fazer trilha em silêncio e fazer no máximo algum comentário. Então, fica a dica.

1238899_10151811861393426_2136816315_n

A subida inicial é um pouco íngreme, mas vale cada passo assim que você chega no primeiro mirante e vê o bairro da Urca e um pedaço da Enseada de Botafogo lá de cima. Chegando ali, siga para a esquerda, caso você não seja alpinista e não queria escalar o paredão do outro lado.

1185352_10151811860463426_1545398345_n

Depois de uma caminhada de uns 40 minutos a recompensa é o topo do morro (da Urca, não do Pão de Açúcar, que é o maior), onde tem lanchonete, banheiros e um visual incrível nos vários mirantes. Aproveite, para tirar foto do primeiro bondinho na Praça dos Bondes, no Cocuruto (uma espécie de museu), no Anfiteatro… enfim, é um passeio que vale a pena aproveitar umas horinhas.

762_10151811857338426_1528373914_n

Pra descer você escolhe: volta pela trilha ou compra o bilhete de descida (na época que fui, custou R$ 13,00). Animou? Então sacode a poeira e vamos viver a vida ao ar livre!

1233589_10151811854633426_1527753948_n

Ah! E como estávamos mortos de cansados na descida, tivemos que fazer um pit stop na mureta da Urca. Mas isso é papo pra outro post ;)

970621_10151811852538426_456295399_n

SERVIÇO

Site do Bondinho: www.bondinho.com.br

Figurino recomendado: tênis, calça legging ou bermuda confortáveis, camiseta, boné, repelente, barrinhas de cereal ou frutas e água. Lá em cima tem lanchonetes, mas não custa se precaver para não passar aperto na subida.

1236181_10151811859963426_484136864_n

COMO CHEGAR

De ônibus: Alguns ônibus te levam até lá como o 107 (central-urca) e 511/512 (urca-leblon, circular).

De Metrô: Comprar bilhete Integração Metrô-Ônibus, saltar na estação Botafogo e pegar o ônibus integração 511A e saltar na Avenida Pasteur, próximo ao número 458. Caminhar 3 minutos até o local.

De táxi: Para quem está hospedado na Zona Sul ir de táxi é relativamente barato, além de confortável e seguro. Mas atenção: Alguns taxistas podem “errar” o valor, então exija que seja cobrado o valor do taxímetro.

Posts Relacionados

Sobre o autor: Débora Bordin

Tenho mais (bem mais) de 30, sou jornalista (diplomada), radialista, blogueira, especialista em comunicação empresarial e de turismo sustentável, sagitariana, corintiana, matucha-pantaneira-carioca e turista. Apesar de tudo isso, uma boa moça.

1 Comentário+ Comentar

  • é bom ver o rio outra vez, diferente!

Leave a comment to esso